Relato da nona reunião do Conselho de Administração 26/10/2016

Foi aprovado a nova estrutura organizacional da EBC até o nível de gerências executivas, o restante até nível de coordenação será aprovado em uma próxima reunião, após as diretorias ajustarem seus setores.

Foi criada a Diretoria de Operações e Tecnologia que engloba a operações e TI, foi aprovado o nome de José de Arimatéia como diretor.

Na nova estrutura a DISER e a DICOP ficam extintas, parte da estrutura da DICOP se une a DIPRO sendo que a parte de Programação e Acervo fica na Superintendência da TV Brasil que foi criada.  A estrutura de serviços se inicia pela Gerência Executiva de Serviços.

Também foi alterado o novo regimento do Conselho de Administração por força da MP 744, com a nova composição do Conselho de Administração.

São sete membros e ainda existe possibilidade de mais um membro independente, ainda não existe orientação dos órgãos reguladores de como proceder a escolha, será feita uma consulta sobre a forma de ingresso do conselheiro.

O Conselho está assim representado:

Secretaria de Comunicação Social – Márcio Freitas (Presidente do Conselho)

Diretor-Presidente da EBC – Laerte Rímoli

Ministério da Cultura –  Mariana Ribas

Ministério da Educação – Raphael Callou Neves

Ministério da Ciência,Tecnologia, Inovações e Comunicações – Marcus Sinval

Ministério do Planejamento – André Diniz

Representação dos Empregados – Edvaldo Cuaio / Isabela Vieira

Foi aprovado o nome de Marcelo de Souza como novo Consultor Jurídico.

Mostrei preocupação com o passível trabalhista que a EBC possui.

Argumentei que o Conselho tenha uma estrutura de apoio ao colegiado, melhorando os processos e atendimento ao conselho.

Questionei sobre assessorias estarem sendo utilizadas em áreas finalisticas, disse que é um desvio de finalidade da função de assessor, a direção entende que não, ficou definido que será apresentado um parecer jurídico da EBC e do Ministério do Planejamento sobre meu questionamento.

O presidente do conselho disse que juntamente com o Presidente da EBC, estão em tratativas com a TV Cultura e outras emissoras públicas para troca de conteúdo, desde que não tenha custos.

Falei da situação critica das praças em especial ao Maranhão, a direção informou que estão buscando junto ao governo recursos suplementares para finalizar o ano sem déficit, que nesse momento não há possibilidade de investimentos.

Edvaldo Cuaio

Representante dos empregados e empregadas no Conselho de Administração.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: